Bolsa de Voluntários - Eu Voluntario-me

Vimos por este meio apresentar a plataforma online euvoluntario.me: uma bolsa de voluntários a nível nacional.


A vontade de ajudar e a proatividade dos cidadãos está patente nas inúmeras iniciativas de solidariedade e mitigação do risco do COVID-19 que têm surgido. Mas as plataformas e os e-mails onde nos podemos voluntariar são muitos, e a distribuição das iniciativas pelo território é pouco equitativa (estando a maioria concentrada nos maiores centros urbanos).

 



O propósito desta plataforma é facilitar e tornar mais célere a angariação de voluntários em todo o país, neste momento em específico. A Eu Voluntario-me não define tarefas nem coordena trabalho voluntário, pretende apenas reunir pessoas disponíveis para ajudar. A bolsa de voluntários destina-se a entidades coletivas de interesse público, que estão na frente de combate e têm a capacidade para definir e liderar as diferentes ações.

 


Desta forma, gostaríamos de saber o vosso interesse em tornarem-se parceiros da Plataforma Eu Voluntario-me como potenciais utilizadores desta bolsa de voluntários.

Como funciona a requisição de voluntários?

 

1º. Para solicitar voluntários as organizações devem enviar um email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

2º. Em resposta ao pedido enviamos:

a) um formulário com os critérios de seleção dos voluntários, que deve ser preenchido de acordo com os requisitos e necessidades da organização;

b) um protocolo (em anexo) em como a organização se compromete a não utilizar dos dados dos voluntários, fornecidos pela Plataforma, para fins diversos aos que motivaram a sua recolha e a pautar a sua conduta mediante o respeito pelo Regulamento Geral de Proteção de Dados.

 

3º. Partilhamos com a organização os dados dos voluntários que correspondam aos seus requisitos.

 

4º. Cabe às organizações entrar diretamente em contacto com os voluntários e gerir o trabalho voluntário.

 

Porque consideramos esta plataforma útil?

 

Acreditamos que a solidariedade vai ser um fator determinante para ultrapassar esta crise, mas que é preciso organização para a tornar efetiva. Principalmente num cenário de incerteza como este, é extremamente difícil cada um de nós definir individualmente o que fazer, consideramos que deverão ser as entidades competentes (nomeadamente as Juntas de Freguesia e Câmaras Municipais) a definirem o que cada um de nós pode fazer, como e quando.

 

Esta plataforma não visa substituir a dinâmica de ajuda aos mais próximos (família, amigos e vizinhos) que atualmente existe, e que pode ser mais intuitiva e espontânea, mas sim complementar. Ao inscreverem-se na Eu Voluntario-me as pessoas estarão a voluntariar-se para colaborar com entidades coletivas de utilidade pública, que num futuro próximo podem vir a necessitar de ajuda excecional. Infelizmente, acreditamos que a rápida evolução desta crise pode suscitar uma súbita necessidade de voluntários para os mais variados propósitos, alguns que ainda nem adivinhamos. Este é um momento de profunda incerteza, por isso precisamos de estar preparados para agir rápido assim que for preciso.