Novas zonas pedonais temporárias na Baixa e Centro Histórico da cidade

Todos os fins de semana, das 8h de sábado às 20h de domingo.
A medida municipal visa potenciar uma nova experiência
de lazer, incentivar os cidadãos para uma mobilidade mais consciente e permitir o distanciamento social no espaço público. 
Face ao atual contexto de pandemia, esta iniciativa insere-se num plano de resgate do espaço público que visa potenciar uma experiência de lazer e compras na cidade, permitindo assim a retoma da atividade económica, a interação com o comércio e o uso da via pública de forma segura, graças ao aumento da área dedicada à circulação de peões que, consequentemente, permite assegurar um maior distanciamento social.
 
As ruas da Baixa e Centro Histórico da cidade vão voltar a transformar-se em zonas pedonais temporárias já no próximo fim de semana.
 
À semelhança da semana passada, são ao todo 16 arruamentos que, entre as 8 horas do próximo sábado e as 20 horas de domingo, vão ficar condicionados à circulação automóvel.
Foram efetuados alguns melhoramentos de funcionamento na Rua do Almada e na Avenida Rodrigues de Freitas. Assim sendo, a partir de 27 de junho, nos fins de semana as duas vias passam a estar totalmente condicionadas à circulação do trânsito automóvel sem exceções, ficando interditas todas as deslocações de transportes públicos, as cargas e descargas de transportes de mercadorias, os acessos dos moradores e ainda dos estacionamentos. Consequentemente, haverá também alterações nas paragens STCP que se encontram nestas duas ruas.