Orçamento Colaborativo 2021
Categoria: Freguesia

Orçamento Colaborativo 2021

 

E D I T A L

Orçamento Colaborativo 2021


A Junta de Freguesia de Campanhã na sua reunião de, 05 de agosto de 2020, deliberou abrir concurso e proceder ao Convite das associações, coletividades, grupos de cidadãos e comunidade em geral da freguesia de Campanhã para, querendo, apresentarem projetos sustentáveis para a freguesia, no âmbito do ambiente, economia e coesão social. O valor global do orçamento é de cento e cinquenta mil euros.

 


O valor máximo a contemplar cada projeto é de quinze mil euros.


 

As normas de participação (Anexo I), que contém toda a informação necessária à candidatura, podem ser consultadas nos serviços administrativos da Junta de Freguesia, da parte da manhã das 9.00 H às 12.00 H e parte da tarde das 14.00 H e as 17.30 H ou no sítio da internet: www.campanha.net.


 

Apresentação do projeto é feita em formulário próprio que se encontra disponível no site da Junta de Freguesia ou nos serviços administrativos.  

 


Os projetos devem de ser enviados para a Junta de Freguesia de Campanhã, sita à Praça da Corujeira nº 202, Porto, em envelope fechado, registado com aviso de receção ou entregue em mão nos serviços administrativos, dirigido ao Presidente do Júri ao Concurso do Orçamento Colaborativo, até ao dia 30 de setembro de 2020.


A ata nº 1 do júri, de 07 de agosto de 2020, consta do Anexo II do presente Edital, fazendo deste parte integrante.


 

O júri é composto: Presidente –Dr. João Alves Dias (Professor), vogais: Drª Fátima C. Aleixo Vilela (Serviço Social) e Srº. José Fernando Machado dos Santos Amaral (Ex. Presidente da Junta de Freguesia de Campanhã).

 


Porto, 07 de agosto de 2020


O Presidente da Junta


Ernesto Santos



 

 

 

 

As Capelas Imperfeitas no Mosteiro da Batalha

21 de outubro 2017 - 14h30

Auditório da Junta de Freguesia de Campanhã

Rua Ferreira dos Santos 57, 4300-199 Porto

 

Conferência sob o tema "As Capelas Imperfeitas no Mosteiro da Batalha"

Ciclo de Conferências Arquiteturas Imperfeitas - Obras Inacabadas

 

Dr. Pedro Redol

Licenciado em História, variante de História da Arte Mestre em Arte, Património e Restauro.

Técnico Superior do Mosteiro da Batalha desde 1987.

Professor Auxiliar convidado da Faculdade de Ciências e Tecnologia, da Faculdade Nova de Lisboa

Presidente do Comité Português do Corpus Vitrearum

Interrompeu estas funções para exercer as de Diretor do Convento de Cristo, em Tomar; diretor do Museu Nacional de Machado de Castro; e diretor do Mosteiro da Batalha, em regime de substituição, até 2013.

Regressado ao Mosteiro da Batalha, continua como Técnico Superior, a investigar sobre este monumento, tendo realizado estudos sobre a arquitetura, a escultura, o vitral, a conservação e restauro, o culto dos santos, etc.

É professor auxiliar convidado da Faculdade de Ciências